FAM - Faculdade Manancial

 



ONLINE
1




Partilhe este Site...




SINAIS DOS TEMPOS
SINAIS DOS TEMPOS

Pr. João Domingos

 

Os Sinais dos Tempos são as reações, ou respostas, da natureza, resultante as ações destrutivas dos homens contra a mesma. O próprio homem vem destruindo o planeta desde o princípio da sua trajetória. Não é Deus que estar acabando com o mundo. E estes sinais são a maior expressão do Amor e dos Cuidados de Deus, depois da Morte e Ressurreição de Cristo – Porque através deles os fiéis são alertados que o fim estar próximo – Eles são avisos acerca do maior perigo que o universo já viu. Mas, automaticamente, os Sinais dos Tempos, alerta que o mundo não tem mais futuro, por não suportar mais tanta destruição. Poderíamos dizer: Os Sinais dos Tempos, Sinais do Fim, ou Sinais da Vinda de Cristo. Eles consistem nos conjuntos de acontecimentos registrados na Bíblia Sagrada, com antecedência - Isto é, antes dos mesmos acontecerem. Estes sinais têm o objetivo de alertar os fiéis que a Vinda de Jesus Cristo, nosso Salvador, estar se aproximando.

A importância desta Matéria é inexprimível, visto que, se trata do futuro da humanidade; do futuro do planeta; advertências, ou visos acerca do Arrebatamento da Igreja, da Grande Tribulação e do fim do mundo. Não se importar com estes sinais consiste em uma grande obra maligna, que tem o objetivo de cegar e ensurdecer a humanidade.

Evidenciaremos partes destes sinais segundo Mateus (24:1-14): E, quando Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo. Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada. E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo? E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio de dores. Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão. E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo. E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.

Os Sinais dos Tempos ocorrem em sete áreas no Universo. A saber: Nos Céus, na terra, no mar, nos seres humanos, nos animais, na ciência e nas religiões.

 

  1. SINAIS NOS CÉUS

 

No sentido literal, o Céu é a moradia de Deus e dos santos anjos. O Céu é também o centro, ou a capital do Universo. Certo é, de tudo quanto é justo e bom que ocorre no Universo, como por exemplo, às leis, as ordens, a misericórdia, o amor, a compreensão vêm do Céu. Até mesmo a sustentação de cada planeta no espaço, vem da parte de Deus que mora lá. Além disto, o Todo Poderoso que mora no Céu Reina sobre os reis da terra (Sl 96: 10). O que confirma a ideia de que o Terceiro Céu é a Capital do Universo. Com sólida base bíblica os judeus ensinam três tipos de céus, a saber: o primeiro, o segundo e terceiro.

  • SINAIS NO PRIMEIRO CÉU

 

O primeiro céu chama-se, Céu Atmosférico, o mesmo, inicia na superfície da terra e atinge até uns 480 quilometro de altura (480 km). Ele é composto pelas camadas de gases. Exemplos: oxigênio, neônio, carbônico, ozônio, nitrogênio, hidrogênio etc.. Em fim, a atmosfera é composta por este ar que respiramos e que nos assopra. É na atmosfera, ou neste Primeiro Céu, que a Bíblia chama de firmamento, ou expansão; onde voam as nuvens, os pássaros e os aviões (Gên 1: 30; Jó 35: 11). É neste primeiro céu que ocorrem os fenômenos meteorológicos, como por exemplo: trovões, relâmpagos chuvas, orvalhos, neves, etc..

SINAIS: 1- BURACO NA CAMADA DE OZÔNIO; 2- EFEITO ESTUFA; 3- POLUIÇÃO DO AR (A MAIORIA DAS DOENÇAS É PROPAGADA NO AR); e etc.

 

  • SINAIS NO SEGUNDO CÉU

O segundo céu chama-se, Céu Intermediário, ou Céu Planetário. Estamos falando acerca do Espaço Sideral. É nesse Segundo Céu que se encontra: “as Vias lácteas, as Galáxias, as Estrelas [Estrela é tudo quanto tem luz própria (conclusão: “o Sol é também uma estrela”)], os Planetas, as Luas, os Cometas, os Meteoros e etc.” (Gên 1: 15).

SINAIS: 1- TEMPESTADES SOLARES; 2- AQUECIMENTO DEMASIADO; 3- O CÂNCER DE PELE; 4- O MÊS DE AGOSTO DE 2015 FOI O QUENTE HÁ HISTORIA DO PLANETA TERRA; 5- O HOMEM TER IDO A LUA E ETC.: [Jer 51: 53; Amos 9: 2 (c, d)]; 6- BURACOS NEGROS; 7- CIENTISTAS AVISTAM "ESTRELA DA MORTE" DESTRUIR PLANETA e etc..

 

  • SINAL NO TERCEIRO CÉU

 

           O terceiro Céu chama-se, Céu dos céus e Terceiro Céu. É nesse Céu que se encontra o Trono de Deus, a Nova Jerusalém, a moradia dos santos anjos e o Paraíso. Estamos falando de o Céu de Glórias. É nele que se encontra a herança dos salvos (2ª Cor 12: 1 – 4).

SINAL:

a- ISRAEL É CHAMADO, BIBLICAMENTE, TAMBÉM DE FIGUEIRA (LC 13: 6 – 9); A QUAL FORA CORTADA NO ANO 70 AD – ISTO É, FORAM DIZIMADOS ACERCA DE NOVENTA POR CENTO, MAS, APROXIMADAMENTE, DEZ POR CENTO, CONSEGUIU ESCAPAR - E SUA TERRA FORA INVADIDA PELOS ÁRABES (MT 24: 2) – POVO INIMIGO DE ISRAEL – FATOR QUE IMPOSSIBILITAVA O SEU RETORNO;

b- NA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL (QUE ESTENDEU DE 1914 – 1918), SURGIU UMA POSSIBILIDADE PARA ELES RETORNAREM A SUA TERRA, COM A INGLATERRA NOMINANDO A PALESTINA – INGLESES, POVO AMIGO DOS JUDEUS;

           c - NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL (QUE OCORREU EM 1939 – 1945), MAIS DE SEIS MILHÕES DE JUDEUS FORAM DIZIMADOS NA ALEMANHA E NA POLÔNIA; FATOR QUE CONTRIBUIU PARA ISRAEL QUERER E PLANEJAR O RETORNO A SUA TERRA (O BROTO DA FIGUEIRA); O RETORNO ACONTECEU, MILAGROSAMENTE, TRÊS ANOS APÓS, ISTO É O BROTO DA FOGUEIRA. EM UMA SEXTA-FEIRA, 14 DE MAIO DE 1948, ISRAEL FOI EMANCIPADO. NO MESMO ANO QUE FOI EMANCIPADO A CIDADE JANAÚBA/MG.

Veja o que Cristo diz sobre o brotar da figueira: “Aprendei, pois esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornarem tenros e brotam folhas, sabeis que estar próximo o verão. Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabeis que ELE está próximo às portas” (Mt 24: 32, 33; Lc 21: 30, 31). Com base nesta interpretação, o Arrebatamento da Igreja ocorrerá mais breve do que imaginamos. Porque desde 1948, Cristo estar às portas”. Há traduções de dizem: “de pé as portas”.

Mas qual é o sinal no Terceiro Céu? Ora, Cristo estar às portas, ou de pé as portas.

              

  1. SINAIS NA TERRA

 

Poderíamos citar um número alto de áreas terrestres que são alvos dos sinais dos tempos, mas apresentaremos tão somente cinco, a saber: Política, Guerras, Terremotos, Problemas sociais e a Evangelização mundial.

 

  • SINAIS NA POLÍTICA

Os sistemas de globalização consistem na preparação da terra para o Anticristo, visto que, o seu reino será um reino globalizado. Na Europa há o EU (União Europeia); na América Latina há o MERCOSUL e o PACTO ANDINO e outros; na América do Norte há a NAFTA e a ALCA.

Estes sistemas consistem na união de vários pais para facilitar o comércio entre si. Um desses sistemas tem até moeda própria, como a União Europeia. Eles têm uma moeda única válida no mundo inteiro, “o Euro”. E com a desculpa do comércio, estas uniões contribuem para eles se protegerem de possíveis guerras com países ameaçadores. Como por exemplo, os países da Europa sentiam se ameaçados pelos os Estados Unidos da América. Mas com a União Europeia eles sentem se mais seguros.

Os governantes uniram os países, formando os sistemas. Quando o anticristo aparecer, ele só unirá os sistemas, formando o seu próprio sistema. Que se chamará “A Nova Ordem Mundial”.

    

  • GUERRAS

     Antigamente, havia o tempo de se fazer guerras. Isso acontecia talvez, uma vez por ano. Na atualidade segundo os sociólogos ocorrem no mundo acerca de 30 – 40 guerras diariamente.

E os rumores de guerras se tratam dos falatórios de Guerras, Nação contra nação.

E as guerras mais importantes acerca do fim dos tempos, são as que nós já enfatizamos: a dos anos 70 d.C., a primeira e segunda guerra mundial.

 

  • TERREMOTOS EM VÁRIOS LUGARES

Sempre houve terremotos, mas jamais como atualmente. No século que Cristo profetizou “que haveria terremotos em vários lugares”; segundo a História e os geólogos, ocorreram 15 terremotos durante aqueles cem anos. Mas os terremotos foram se multiplicando, assustadoramente, no decorrer dos séculos, de maneira que no século dezoito, ocorreram 640 terremotos. No século dezenove ocorreram 2.139 terremotos. E no século vinte, só no fim de novembro de 1977 foram registrados 6.250 terremotos que causaram prejuízos grandiosos à humanidade. Não há sentido para essa farsa dos ateus dizerem que sempre houve terremotos e que eles não consistem em uma alerta da parte de Deus. “OS TERREMOTOS ESTÃO PROCLAMANDO, QUE CRISTO ESTAR VOLTANDO, EM BREVE, PARA ARREBATAR A SUA AMADA IGREJA!”

  

  • PROBLEMAS SOCIAIS

PESTES, FOMES, PAI CONTRA FILHO, E FILHO CONTRA PAI, A FALTA DE AMOR, O AUMENTO DA INIQUIDADE. As faltas de respeitos e de considerações entre filho e pai e vice-versa, fator que tem culminado em muitos assassinatos; As crueldades; Os roubos; os furtos; Os sequestros; As desigualdades sociais; As corrupções - É a proclamação que Cristo voltara em breve.

 

  • A EVANGELIZAÇÃO MUNDIAL

Esta profecia já foi cumprida nos dias de Paulo (Atos 20: 26). E foi cumprida também no período moderno que iniciou em 1648 com o fim da guerra dos trintas anos e estendeu até ao ano 2000. E, todavia, este sinal não é relativo à Vinda de Cristo, mas ao fim do mundo (Mt 24: 14).

 

  1. SINAIS NO MAR

 

  1. O DESGELO - O Oceano Glacial Ártico (o polo norte do globo terrestre) e o Oceano Glacial Antártico (a Antártida) são quase completamente congelados. Mas devido à alta temperatura, os gelos vão se fundindo (derretendo). E como os oceanos são ligados um no outro, ou, melhor, eles são um. Ao fundirem os gelos todos eles se enchem rompendo os seus limites. Inclusive, segundo os meteorológicos o mês de agosto do ano de dois mil e quinze, foi o mais quente da história do planeta terra.

São cinco oceanos. A saber: “O Oceano Atlântico, o Oceano Índico, o Oceano Pacífico, o Oceano Glacial Antártico e o Oceano Glacial Ártico”; esta divisão é só para melhor localizar certa região. Esse fenômeno, desgelo, consome eternamente com muitas praias, vilas próximas ao mar, ilhas e etc..

  1. SUMIÇO DAS ALGAS MARÍTIMAS

O alto calor solar mata as algas marinhas. Com isso não há alimento para os pequenos animais aquáticos, consequentemente, não há alimentação para os peixes. E a pesca no mar vai ficando cada vez mais difícil.

 

  1. SINAIS NOS SERES HUMANOS

 

Com a alta população agrava o problema da fome. Antigamente, havia os tempos da fome, mas atualmente, sempre há fome em algum lugar. Temos os exemplos do nordeste brasileiro e da África e etc..

As pestes - Como a gripe espanhola; a gripe suína; O AIDS; A chaga; o câncer; O AVC (Acidente Vascular Cerebral, ou, derrame cerebral); Os diabetes e etc. ceifam milhares de pessoas em todos os lugares.

A falta de amor - É a causa de muitos pais estarem contra os seus filhos, e muitos filhos contra os seus pais, a pedofilia, a corrupção, o crime e toda desordem.

A corrupção - Será que todos os candidatos aos cargos públicos estão mesmo preocupados com a população? Ou estão preocupados com os seus interesses próprios?

A imigração humana - Os homens correm de um lado para o outro (Dn 12: 4). Lugar nenhum mais serve para o ser humano. Uns saem de um lugar, e outros voltam para o mesmo lugar. De maneira que o planeta terra não estar mais servindo para os homens. Eles querem é morar na lua, em marte e etc..

 

 

 

 

 

  1. SINAIS NOS ANIMAIS

 

Muitas doenças: Atualmente, não se cria nenhuma espécie de animal sem muitas medicações. Os animais estão enfermos. E com a invasão humana em seus habitares naturais, os animais estão invadindo os centros urbanos. De maneira que na grande tribulação eles vão estarem nas cidades, farão parte das pragas e matarão muita gente (Ap 6: 8).

 

  1. SINAIS NA CIÊNCIA

 

“e a ciência se multiplicará” [Dn 12: 4 (e)]. Na época desta profecia os carros se locomoviam através de tração animal. Exemplos: por bois, por burros, por cavalos. Havia até mesmos as liteiras (Cadeira com cobertura e varais que eram locomovidas pelos escravos). Esse meio de transporte era para as famílias reais. Os carros mais velozes eram as carruagens locomovidas por cavalos. E atualmente, há modernos automóveis, aviões, helicópteros, submarinos, navios, etc. Assim nós podemos certificar o quanto à ciência se multiplicou. Confira as profecias do aumento da ciência com mais detalhes: Os automóveis (Naum 2: 4); Os aviões (Sal 55: 6; Isa 60: 8); O alto avanço da medicina. Os computadores, a internet; Os celulares; As demais tecnologias.

 

  • E POR FIM O MICROCHIP

Uma parceria entre o MasterCard com a VISA é denominada Mondex. Mondex (Do inglês, Monetário na Mão direita). E o seu maior projeto é inserir o seu cartão tanto de débito, como de crédito, junto às demais documentação de cada ser humano em um microchip. E esse chip já chegou a quase todos os países do mundo. É barato e o indivíduo que o tem, não precisa portar de documento nenhum, além de ser monitorado pelo satélite. Os cientistas trabalharam cinco anos, gastaram mais de quinze milhões de dólares, para descobrir o melhor lugar no corpo humano, seria implantado o chip- E chegaram a uma conclusão: “Na mão direita e na testa”.

Esse chip é representado pelo número: 666, Inclusive, a palavra “VISA”, significa: “VI” é igual a 6 em romano; “S” é igual a 6 em grego; e A” é igual a 6 em babilônico –Formando, nitidamente, o numero: 666. Além disto, cada chip terá um código de barra. O qual corresponde a 666.

As tecnologias não são somente para o bem estar do ser humano. O seu principal objetivo é alertar a todos que em breve Cristo Voltará!

 

  1. SINAIS NAS RELIGIÕES

 

Assim como há os parasitas que parasitam as lavouras, os animais, o ser humano, e etc. há os parasitas na ortodoxa religião. Confira:

  1. OS FALSOS PROFETAS (Mt 24: 4, 5, 11). Com isso vem o surgimento das igrejas falsas.
  2. A FALTA DE AMOR - O esfriamento do primeiro amor mostra que Cristo voltará em breve (Mt 24: 12). Há muitos que perderam o primeiro amor. E o próprio progresso da iniquidade faz com que o amor diminui.
  3. A APOSTASIA - É importante deixar claro que a apostasia é um sinal da vinda do anticristo. Vejam: Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha à apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, (2ª Ts 2: 3). Isto diz a respeito de alguém que abandona o verdadeiro evangelho. Muitos pregam contra uma doutrina falsa, ou contra uma atitude errônea ao descobrir a verdade. Depois eles se desviam da verdade e passam a praticarem a respectiva doutrina falsa e a dita atitude errônea. Isto se chama “apostasia”, que é um fortíssimo sinal da Vinda de Jesus, o Nazareno. Curiosidade: É uma realidade que a apostasia é uma grande ação do espírito do anticristo. E o número do anticristo é: 666. E o versículo que mais define a apostasia na Bíblia estar, justamente, registrado no capitulo 6 e no versículo 66 do Evangelho de São João. Confira.
  4. A HISTÓRIA DA IGREJA - A imprescindível e importantíssima História da Igreja é dividida em sete períodos. E segundo os Teólogos, os historiadores sacros, e os demais estudiosos da Bíblia, cada uma daquelas Cartas de Cristo aos Anjos das igrejas da Ásia Menor (registradas em Apocalipse 2; 3) representam a um destes períodos.

O 1º Período da Igreja: chama-se: Igreja Apostólica, ou Era Apostólica, mais conhecido por Igreja Primitiva. Este período iniciou-se em 33 d.C. com a Morte, com a Ressurreição de Cristo e o dia de Pentecostes. E se estendeu até ao ano 100 d.C., com a morte do último apóstolo, o Evangelista João. Lendo Atos dos Apóstolos obtém se mais informações com respeito a este Período. Nesta fase, a igreja era monoteísta (Servia, acreditava e adorava a um só Deus). Ela era representada pela Igreja de Éfeso (Ap 2: 1 – 7).

O 2º Período da Igreja: denominado Igreja Perseguida, ou Era das Perseguições. O seu ponto de partida foi no ano 100 d.C., com a morte de João e estendeu até ao ano 313, com o Édito de Constantino. Neste Período a Igreja era monoteísta (Servia, acreditava e adorava a um só Deus). Era, rigorosamente, proibido ser cristão nesta época. Portanto, naquela época o pessoal se convertia ao Evangelho sabendo que iriam morrer com as piores torturas infernais. Este período era representado pela a Igreja Esmirna (Ap 2: 8 – 11).  

O 3º Período da Igreja: Que se chama Igreja Imperial, ou Era Imperial. Este período iniciou no ano 313 d.C., com Édito de Constantino e foi até ao ano 476 d.C., com a queda de Constantinopla. Nesta época a igreja que era apostólica, passou a ser romana. E os deuses foram entrando na igreja, gradativamente. A igreja Imperial era Politeísta (Servia, acreditava e adorava vários deuses). Nesta época a igreja era representada pela igreja de Pérgamo.    

   O 4º Período da Igreja: A Igreja Medieval, ou Era Medieval. Que iniciou no ano 476 d.C., com a queda de Constantinopla, e prosseguiu até ao ano 1453, com a Reforma Protestante. Nesta época a igreja Católica Romana foi organizada e consolidada. Ela continuava Politeísta (Servia, acreditava e adorava vários deuses). Igreja representada pela Igreja de Tiatira (Ap 2: 12 – 17).

     O 5º Período da Igreja: Igreja Reformada, ou Era da Reforma. Período que teve como ponto de partida a Reforma Protestante, no ano 1453. E estendeu até ao ano 1648, com o fim da Guerra dos Trinta Anos. Nesta época a igreja passou a ser também monoteísta (Servia, acreditava e adorava a um só Deus), os protestantes. Assim, a igreja voltou a ser como era no 1º e no 2º Período. Este período era representado pela Igreja de Sardo (Ap 3: 1 – 6).  

O 6º Período da Igreja: chamada de Igreja Moderna, ou Era Moderna. Que se iniciou em 1648, com o fim da guerra dos trinta anos. E prosseguiu até ao ano 2000, com o fim do Milênio. Com a descoberta do manuseio da eletricidade, as indústrias, especialmente na Inglaterra, começaram a utilizar máquinas elétricas, a fabricarem motores e produtos eletrodomésticos. Por esta causa o período, em apreço, passou a se chamar Era Moderna. Este foi um dos melhores, o melhor período da igreja. Onde que as igrejas Protestantes enviaram missionários para cada país no mundo. E o mundo no tempo moderno ouviu falar de Jesus, o Nazareno. A Igreja Moderna portava o primeiro amor. E era rigorosamente monoteísta (Servia, acreditava e adorava a um só Deus). E era representada pela Igreja de Filadélfia (Ap 3: 7 – 13).

O 7º Período da Igreja: Era Pós Moderna, ou, Igreja Pós Moderna. Este Período teve como ponto de partida no ano 2000, o novo milênio e segundo os teólogos e os estudiosos da Bíblia Sagrada ele estenderá até ao Arrebatamento da Igreja. Neste período, grandes partes dos integrantes da igreja são: liberais, mornos, acomodados e que não tem mais o primeiro amor. Este período é representado pela Igreja de Laodicéia (Ap 3: 14 – 22). A última carta.

Segundo a maioria dos Teólogos, estamos vivendo o último período da Igreja na terra. Mas para sermos salvos, precisamos obedecer a Bíblia Sagrada (como ensina o Novo Testamento), ter o primeiro amor, ser fervorosos no espírito e procuramos fazer algo com amor e com fé na Obra de Deus. Assim, como vivia os membros da Igreja Moderna, a Igreja Filadélfia.

 

 

topo